Datos personales

martes, 23 de junio de 2020

Prevenir e tratar da Depressão pelo riso

Infelizmente a depressão é um fenómeno global e transversal a todos e para todos nós.

Vamos falar sobre este importante assunto e claro também sobre como o Yoga do Riso nos pode ajudar a prevenir ou no processo de tratamento convencional.

Penso que falar sobre a minha experiência pessoal, da qual também falo no meu primeiro livro "O Riso na minha Vida" pode-o ajudar nos momentos desafiantes que são estar deprimidos.

Aos 31 anos tive um esgotamento total.

Os meus hábitos não eram de todo saudáveis como são hoje em dia.

Não respeitava as horas de sono. Não respeitava as horas de alimentação. Trabalhava demasiado a sério e pouco a pouco fui perdendo a alegria natural pois procurava a felicidade lá fora inconsciente de que toda a felicidade e a alegria estavam cá dentro de mim.

Como estão dentro de cada um de nós ;-)

Depois do esgotamento, que aconteceu 18 anos atrás, nunca mais tive uma recaída que é raro acontecer e por curiosidade perguntei a minha terapeuta; Você acha que não tive recaídas por causa do Yoga do Riso e de rir todos os dias? e ela respondeu que em grande parte sim.

Nunca saí tão contente duma sessão como nesse dia!!!

E imediatamente pensei; se eu estive tão mal e agora estou bem quem nunca esteve mal pode prevenir a depressão através do riso e da prática diária.

Isto é porque quando rimos libertamos substâncias químicas positivas para o nosso organismo e para o nosso cérebro como a serotonina (anti-depressivo natural) endorfinas (produzem uma agradável sensação de bem-estar) e a dopamina que eleva a nossa energia vital e todas estas substancias nos ajudam na prevenção.

O riso também trabalha a respiração e quando estamos tristes ou em baixo se colocamos o nosso eixo e a nossa atenção na respiração diminuirá consideravelmente a ansiedade.

Então que podemos fazer para prevenir?

Adquirir um estilo de vida saudável. Beber muita agua, fazer exercício, cuidar a alimentação, respeitar as horas de sono, fazer pausas ao longo do dia, desintoxicar corpo e mente pelo menos 1 vez por mes.

E se estamos deprimidos? O que fazer?

Aqui temos mais trabalho a fazer até porque quando estamos deprimidos tudo parece dar mais trabalho :-)

Sair do sofá pode ser como uma ida ao Colombo no nosso estado normal. Esgotador!
Olhar para o tecto torna-se o desporto principal e quando chega um amigo e diz; levanta-te e anda :-) aí é que da vontade de rir :-) Isso queríamos nós! Levantar do sofá :-)

Brincadeiras aparte. É um esforço diário que compensa no fim. Acreditem que tudo na vida é passageiro.

A vida são ondas onde agora estamos cá acima e agora estamos cá em baixo e temos de saber lidar com isso duma forma saudável e aceitar ;-) No fundo todas as experiências acabam por nos tornar mais fortes.

Começamos o trabalho pela terapia convencional, pelo menos foi o meu caso. Acompanhei com reiki durante 6 meses o que ajudou a abrir os canais mas ainda não era feliz. Longe estava e foram 3 anos muito desafiantes a todos os níveis.

Durante os 6 meses de reiki fiz repouso absoluto e depois retomei a minha actividade, que tendo gostado imenso de ser restauradora de antiguidades durante 9 anos, deixou de me preencher e pensei que não estava a fazer o que eu tinha vindo cá fazer.

Quando chegas a esse ponto já não importa o dinheiro, a hierarquia, a profissão. A única coisa que queres é estar equilibrado e ser feliz com o teu trabalho.

Foi assim que entrei em 2005 na área de desenvolvimento pessoal a procura de mim própria e encontrei o que tinha vindo cá fazer.

Encontrei o Yoga do Riso.

Suscitou rapidamente a minha curiosidade mas honestamente não sabia como ia fazer para passar de um trabalho tão introspectivo como o restauro a um trabalho tão extrovertido como o Yoga do Riso.

Bem, simplesmente comecei a rir., tirei a formação de líder de Yoga do riso e comecei a rir.

10 minutos por dia faziam toda a diferença no meu dia-a-dia e dei inicio a um Clube do Riso que eu adorava liderar com pessoas incríveis, comecei a liderar sessões de riso em todos os contextos, a dar formação de líderes de yoga do riso, escrevi um livro e fui nomeada Master Trainer de Yoga do Riso pelo Dr. Madan Kataria em 2019 exactamente 1 ano depois de dedicar-me em exclusivo a esta área profissional onde eu encontro a minha paixão.

E agora?

Agora o estilo de vida que levo é mais saudável. Respeito o meu descanso. Alimentação positiva e saudável. Yoga sempre que posso. Meditação sempre que posso. Hidratação. Detox. Terapias para melhorar a minha saúde geral, ler, caminhar, cantar, dançar e rir muito :-)

O meu propósito é ser o seu corpo/espelho. Inspira-lo a que se a mim o riso me ajudou no meu processo terapêutico e continua a ajudar a manter a pessoa que sou a si também o ajudará.

Se se sente triste muitos dias seguidos por favor peça ajuda a alguém da sua confiança ou a um profissional. É importante pedir ajuda quando é preciso. Pense que até terá surpresas das pessoas que o vão ajudar em tempos menos bons.

E confie em si. Segure o seu sorriso todos os dias como se fosse a sua âncora e decida viver feliz. Um dia de cada vez. Viva o momento presente que é a nossa dádiva e acredite que virão tempos muito melhores. Tempos nos quais vai-se rir de como esteve e como está AGORA.

Estou ao seu inteiro dispor caso seja necessário.

Entre em contacto pelo info@terapiadoriso.pt

Grata pela atenção e semana feliz :-)

Sabrina Tacconi


Prevenir e tratar a depressão pelo riso

Paulo Fernandes e Sabrina Tacconi conversam...